it makes you feel happy like an old time movie...
"Tereza sabe que é mais ou menos assim o instante em que nasce o amor: a mulher não resiste à voz que chama sua alma amedrontada; o homem não resiste à mulher cuja alma se torna atenta à sua voz.”
— Milan Kundera, A Insustentável Leveza do Ser (via oldtimemovie)
"(…) o que é possível é plausível; pra, enquanto as coisas não acontecem, não estamos dispostos a crer que elas sejam possíveis, mas é claro que são possíveis aquelas que aconteceram, pois não teriam acontecido se não fossem possíveis.”
— Capítulo IX, in Poética, Aristóteles. (via oldtimemovie)
"Enquanto as pessoas são ainda mais ou menos jovens e a partitura de suas vidas está somente nos primeiros compassos, elas podem fazer juntas a composição e trocar os temas (como Tomas e Sabina haviam trocado o tema do chapéu-coco), mas quando se encontram numa idade mais madura, suas partituras musicais estão mais ou menos terminadas, e cada palavra, cada objeto, significa algo de diferente na partitura do outro.”
— A Insustentável Leveza do Ser, Milan Kundera (via oldtimemovie)
"

Sonhei ter sonhado
Que havia sonhado.

Em sonho lembrei-me
De um sonho passado:
O de ter sonhado
Que estava sonhando.

Sonhei ter sonhado…
Ter sonhado o quê ?
Que havia sonhado
Estar com você.
Estar? Ter estado.
Que é tempo passado.

Um sonho presente
Um dia sonhei.
Chorei de repente
Pois, vi, despertado,
Que tinha sonhado.

— Manuel Bandeira, Tema e Variações em Opus 10 (via oldtimemovie)
"

Sometimes I feel like throwing my hands up in the air
I know I can count on you
Sometimes I feel like saying, “Lord, I just don’t care.”
But you’ve got the love I need To see me through

Sometimes it seems that the going is just too rough
And things go wrong no matter what I do
Now and then it seems that life is just too much
But you’ve got the love I need to see me through

— You got the love, Florence + The Machine (via oldtimemovie)
"Baby, I’m yours (Baby, I’m yours)
And I’ll be yours until two and two is three,
Yours, until the mountains crumble to the sea
In other words, until eternity”
— Baby, I’m Yours, Arctic Monkeys (via oldtimemovie)
©